Mídias Sociais e construção de marca: Será que você está fazendo certo? Descubra os 03 pilares para uma comunicação mais engajante.




Você já parou para pensar como as mídias sociais têm crescido tanto de 10 anos para cá?

Elas começaram há menos de duas décadas e transformaram as relações de consumo.

Hoje o seu cliente talvez não seja apenas seu. É isso mesmo! Você precisa se esforçar ainda mais para fidelizá-lo. Mas será que isso é possível nos dias atuais?

Como conseguir audiência no meio de tantos? Como se destacar verdadeiramente e se posicionar como a melhor opção para o público naquilo que você oferece?

Essas perguntas não possuem respostas tão simples. Há uma série de coisas que você pode fazer para amarrar sua marca na mente do consumidor. Mas nem sempre todas as estratégias funcionarão como deseja, então por isso o que resta é tentar, testar e anotar!

Hoje vivemos na era da tecnologia e da informação. Já estamos no futuro! E se você ainda está com o mesmo pensamento em relação aos negócios que tinha há dez anos atrás, pode esquecer! As coisas mudaram drasticamente.

Não existem mais vendas. Existem agora informação, geração de valor e relacionamentos!

Para que suas metas tenham boas respostas do público alvo tona-se necessário investir nos itens citados acima; vejamos de uma forma clara:

Informação

Antigamente as pessoas possuíam pouquíssima informação acerca de empresas, produtos e serviços.

Elas conheciam uma marca e sua reputação através de propagandas na TV e do boca a boca de amigos, familiares e conhecidos.

Hoje ela pode saber em menos de cinco minutos o que milhares de pessoas pensam e sentem em relação a algo. Esse algo pode ser qualquer coisa; tudo!

Toda informação que queremos podemos ter com acesso imediato através da internet.

Basta jogar no Google: Computador da Dell é bom? E você achará centenas ou milhares de respostas das mais diversas formas.

Encontrará respostas dizendo que os computadores da marca são bons e porque, e também o contrário. E diga-se que o contrario faz um sucesso muito maior!

O número de crítica sempre supera o de elogios. Isso não é péssimo? Sim, mas o consumidor anda ocupado demais para parar e elogiar, infelizmente.

Sua marca precisa ter canais de comunicação rápida com os clientes, onde possam tirar dúvidas, aprender mais a respeito da funcionalidade de seus produtos e, que de alguma forma, sintam-se privilegiados por fazerem parte.

Não deixe as informações de terceiros serem maiores que as suas sobre seu produto ou negócio.

Ofereça conteúdos relevantes que informem, eduquem e entretam seu consumidor, para que ele se lembre de você no futuro e para que seu engajamento seja superior ao de sua concorrência agora no presente.

Geração de valor

Engana-se quem pensa que basta oferecer um bom produto com um bom preço e estará tudo certo.

A questão vai bem mais além. Vejamos a seguir:

Suponhamos que você tenha uma loja de roupas e acessórios esportivos.

Você está em uma excelente localização na cidade, tem os melhores produtos com as marcas mais importantes do mercado de esporte e fitness.

Mas você tem um concorrente que vende praticamente as mesmas coisas que você e, diga-se, que disputam uma grande parcela do mesmo público.

Seu concorrente te enxerga como um grande rival e decide lhe prejudicar (e também a ele mesmo) diminuindo seus preços drasticamente.

Nesse momento você poderia facilmente se desesperar e pensar: as pessoas não comprarão mais em minha loja ao descobrirem que meu concorrente vende os mesmos produtos que eu por um preço muito mais atraente!

Mas fique calmo! Você pode sim melhorar essa situação e, embora hoje ter “clientes fiéis” seja quase que uma utopia, esse momento de crise pode se tornar a sua chance de inovar e fazer diferente de tudo que estão fazendo.

Em alguns casos você realmente precisaria melhorar seus preços; mas não pode de forma alguma fazer com que o atrativo para comprarem de você seja somente um “bom preço“.

Abra a mente para o novo e, veja que pode funcionar de maneira a surpreender a si mesmo, seus funcionários, parceiros e todos à sua volta.

Estamos falando de geração de valor, correto?

Então, a questão é:

Que valor ou valores podem ser agregados a seu produto ou serviço?

Como motivar o consumidor a comprar o que você tem a oferecer, mesmo seus preços sendo um pouco maiores que o da concorrência?

Darei alguns exemplos de ações e estratégias que poderão colocar tudo a seu favor:

  • Treine seus vendedores para prestarem o melhor atendimento que seus clientes possam ter na vida. Eles precisam ter uma boa comunicação, apresentação pessoal e argumentação na ponta da língua. Precisam compreender os perfis diferentes de clientes que chegam até sua loja, para adequar sua forma de atendê-los.
  • Crie postagens nas redes sociais e blog com informações úteis e interessantes para seu mercado. Como seu segmento é esportivo e fitness, ideias e opções não faltarão, já que estamos falando de um segmento que tem crescido aceleradamente nos últimos anos.
  • Você pode dar dicas de looks fitness que combinem com cada estilo de cliente; postagens que falem de saúde e como as pessoas podem melhorar a sua. Por exemplo: “Conheça os 10 principais benefícios da água de coco”; “Dicas para uma dieta equilibrada gastando pouco”, etc.

Às vezes os usuários chegarão até você pelo conteúdo que você apresenta, e não por estarem querendo comprar as roupas e acessórios que você vende.

Mas a partir daí você poderá nutrir esse possível futuro cliente com informações de qualidade; e tenha certeza que isso gerará compartilhamentos (quando as pessoas gostam de determinados conteúdos elas compartilham em suas redes sociais e comentam com os amigos), aumentando o engajamento de sua marca no ambiente digital.

Uma outra forma de valor é criar promoções, que podem ser divulgadas na internet e acontecerem no ambiente on-line, e também no off-line.

Os brindes já foram bem usados no passado como forma de entrega de valor. Eles ainda são interessantes, podem funcionar; porém, custam mais caro que uma ação on-line que talvez proporcione um resultado superior para o seu negócio.

Você pode agregar valor ao seu produto criando um canal on-line para que os clientes possam tirar todas as suas dúvidas e ficar por dentro dos novos lançamentos.

Um exemplo: criar um grupo exclusivo no facebook para clientes VIPs; uma lista no WhatsApp com consultoria gratuita, dentre outras diversas possibilidades.

Relacionamentos

Essa é a palavra chave! Relacionamentos!

Eles são a estrutura, a base de concreto que tornará sua imagem forte perante seu consumidor.

Mas relacionamentos começam aos poucos. Cada dia que passar você tornará seu cliente mais feliz e realizado, pois relacionamentos bons tornam as pessoas mais completas!

Não se acanhe em pegar o WhatsApp daquele cliente que está sempre frequentando sua loja ou que sempre está presente em suas redes sociais.

Construa uma amizade com ele! Uma amizade entre sua empresa/marca/produto/serviço e ele.

Mande uma mensagem no dia de seu aniversário e prepare uma surpresa especial a ele. Que tal um cartão do seu negócio com uma bela mensagem? Você pode enviá-lo pelo WhatsApp ou por e-mail, e não necessariamente de forma impressa entregue em mãos ou pelo correio.

Mostre para seu cliente que você está preocupado com a opinião dele, preocupado com seu bem estar e, em proporcioná-lo boas experiências de consumo.

Existem diversas formas de se construir um relacionamento sólido com as pessoas.

As redes sociais são um exemplo de mídia onde se constroem relacionamentos (deve-se utilizá-las sempre com esse intuito).

Lá você estimula a interação de seu público com a marca, tira dúvidas, mostra novidades e educa o consumidor com conteúdo de qualidade.

Quando seu target tem uma ligação emocional com sua empresa ele continuará mais facilmente nela. E, se descobrir que uma outra empresa está oferecendo seus mesmos produtos por menos, ele pensará duas vezes, porque está ligado à você; possui um vínculo que vai muito além de uma simples compra.

Então, não se esqueça: as redes sociais informam, geram valor e constroem relacionamentos, mas é claro que quando utilizando-as da forma correta!

Os três itens acima são complementos um do outro. Precisa haver união entre eles, ok?

Essas foram algumas dicas de grande valia para o sucesso de seus negócios!

Você já tem utilizado alguma ou algumas dessas estratégias para potencializar seu empreendimento no mercado digital?

Me conte, quero saber!

E se ficou alguma dúvida ou sugestão, mande nos comentários abaixo. Quero saber sua opinião para poder produzir conteúdos cada vez melhores para você!

Não deixe de cadastrar seu e-mail em meu blog para não perder nenhuma novidade. Basta inseri-lo no campo logo abaixo. 😉

Um grande abraço, Jéssica Coelho.